This site uses cookies to store information on your computer. Learn more x

DSM na América Latina

Estratégia da empresa

Estabelecemos uma empresa de Ciências da Vida e de Materiais que atua globalmente. A meta agora é continuar a desenvolver uma empresa bem sucedida e sustentável com base na definição das megatendências de nosso tempo...
Estratégia da empresa

A sustentabilidade é o príncipio-guia de nossos negócios. Isso significa criar valor sustentável compartilhado para todos os nossos parceiros com base em inovações que beneficiam as Pessoas, Planeta e Lucratividade.

Trata-se de uma win-win-win, ou seja, todos ganham.

Pessoas

Em conjunto com clientes, tornamos as vidas das pessoas mais brilhantes todos os dias, bem como nutrimos uma Equipe global da DSM de 24.500 pessoas motivadas para fazerem a diferença todos os dias.

Planeta

A sociedade e o planeta recebem benefícios dos impactos de práticas, processos e produtos mais sustentáveis, mais duradouros, seguros, saudáveis e nutritivos.

Lucratividade

Nossos acionistas e parceiros beneficiam-se do crescimento mais forte e lucratividade com base em um sucesso de longo prazo.

Até 2015, esperamos um crescimento orgânico de vendas de 5-7% anualmente, com cerca de 45% de nossas vendas líquidas nas economias de alto crescimento (já em 39%).

Já excedemos bastante nossa meta de 80% de ECO+ produtos em nosso portifólio: atualmente em 95%.

E esperamos ter alcançado uma redução de 20% no consumo de energia e 25% nas emissões dos gases de efeito estufa.

São metas desafiantes, porém, com a combinação de uma força de trabalho energizada e empoderada, relações mais fortes com nossos parceiros da cadeia de valor e foco forte e contínuo nas tendências e desafios que precisam ser solucionados... seremos bem sucedidos.

 

Há três megatendências que definem nossa estratégia:

Mudanças globais

A mudança acelerada de riqueza do ocidente para o oriente e do norte para o sul é o alicerce de toda uma série de mudanças globais. À medida que as populações crescem, o mundo se torna menor e as pessoas mais conectadas, mais urbanas e com mais fome do que nunca por recursos que vão desde energia, alimentos até eletrônica. Atender a essa demanda e superar as numerosas barreiras culturais criadas é nossa primeira megatendência.

Clima e energia

Há uma corrida para o desenvolvimento de fontes alternativas de energia à base de muitos recursos como água, vento e sol. Tem a ver com o desenvolvimento de matérias-primas mais sustentáveis e recicláveis como substâncias químicas e plásticos. Enquanto isso, precisamos encontrar formas mais inteligentes e eficientes de utilizar a energia e os recursos à nossa disposição de uma maneira bem mais eficiente – desde a conservação de água até evitar o desperdício desnecessário de alimentos.

Saúde e bem-estar

Para a maioria do mundo (cerca de quatro bilhões de pessoas), a luta diária por qualidade e quantidade suficientes de alimento continua. Além dos esforços filantrópicos, estamos desenvolvendo modelos sustentáveis de negócios para auxiliar essas pessoas. Simultaneamente, grandes porções do mundo vêm se tornando mais ricas. As pessoas vivem mais (e são mais sedentárias) – significando um aumento na demanda por soluções de saúde e nutrição, desde dietas melhores completas até dispositivos biomédicos que promovam um estilo de vida ativo.

Somente estando sintonizada com o que o planeta e suas pessoas querem e desejam (e nem sempre são as mesmas coisas) a DSM continuará a crescer e prosperar...

Então, como essas três megatendências se relacionam com nossos negócios de Ciências da Vida e de Materiais?

As mudanças globais impulsionam a Ciências da Vida

As mudanças globais em Ciências da Vida equiparam-se à maior saúde pessoal e urbanização. Isso impulsiona o consumo de mais alimentos processados e a necessidade por uma cadeia de alimentos mais eficiente. Simultaneamente, maior riqueza impulsiona a demanda por novos tipos de alimentos como carne, peixe, ovos e leite. Isso, por sua vez, impulsiona a demanda por nossas soluções: ingredientes com valor agregado paracarnes, ovos e leite, além de rações para peixes, suínos, ruminantes e frangos. Por outro lado, pessoas mais ricas e mais conscientes da saúde e capazes de pagar por um estilo de vida mais sadio agora compram nossos suplementos e produtos nutricionais.

Em Ciências de Materiais: uma das maiores tendências de clima e energia é que os consumidores e fabricantes desejam produtos – desde carros, aparelhos de som e edifícios – que sejam mais leves, ecológicos, seguros, fortes e duráveis – com menor impacto ambiental. Nossa resposta é uma família de plásticos e resinas que produzem carros com maior eficiência de energia e redução de carbono, edifícios mais bonitos, que duram mais, porém feitos de materiais mais leves e mais flexíveis com menor impacto ambiental, e produtos eletrônicos livres de halogênios e recicláveis – um critério fundamental para fabricantes que se encontram sob enorme pressão para a redução de resíduos.

A tendência de saúde e bem-estar demonstra como estamos unindo nosso conhecimento em Ciências da Vida e de Materiais. Por exemplo, à medida que as pessoas vivem mais, seus corpos se desgastam e partes precisam ser substituídas. É aí que entram dispositivos biomédicos para quadris, joelhos e várias outras partes do corpo confeccionados com nossos materiais de última geração e capazes de interagir com o corpo humano de forma única (e completamente segura).

Um outro bom exemplo é nosso trabalho em materiais baseados em biotecnologia e na criação de elementos para biocombustíveis avançados comercialmente viáveis que não concorram com a cadeia de valor de alimentos. Há um ano ou dois isso era apenas um sonho. Em 2014, por meio de nossa parceria com a POET, uma especialista nessa área, tornamos os combustíveis não fósseis uma realidade comercial.

Após identificarmos as três megatendências das mudanças globais, mudança climática & energia e saúde & bem-estar, nossa próxima etapa é identificar como as abordaremos: Nossos quatro elementos impulsionadores de crescimento...

Economias de Alto Crescimento

A parcela de vendas em economias de alto crescimento como parte das vendas totais da DSM aumentou significativamente nos últimos anos, respondendo por cerca de 39% em 2013. Constitui meta da DSM aumentar essa parcela para cerca de 45% até 2015. Até o momento, essas economias respondem por cerca de 60% do crescimento orgânico da DSM desde o lançamento da estratégia.

A transição para tornarmo-nos uma empresa verdadeiramente global tem sido marcada pela mudança das operações da DSM (incluindo as quatro sedes de negócios do grupo e centros de P&D e Inovação) da Europa para outras regiões. Atualmente, mais de 30% dos funcionários da DSM vivem e trabalham em economias de alto crescimento.

Inovação

Atualmente, há uma definição bem mais ampla para a DSM do que antes – a qual proporciona à nossa inovação potencial bem maior. Estamos aumentando a velocidade da inovação com a meta de ter 20% de nossas vendas líquidas oriundas de novos produtos até 2015. Estamos fazendo isso com trabalho mais inteligente – incluindo a inovação aberta e a identificação de Áreas Emergentes de Negócios, que esperamos que contribuam com €1 bilhão do resultado final até 2020. Um exemplo são os biocombustíveis. Em 2014, estamos no caminho certo para produzir bilhões de galões de etanol de grau combustível a partir de resíduos para utilização em veículos americanos.

Sustentabilidade

Em suas variadas formas, a sustentabilidade agora é um elemento impulsionador de negócios estratégicos para a DSM, acreditando que iremos nos diferenciar da concorrência nos próximos anos como uma nova geração global, com um conjunto diferente de valores e prioridades, à nossa frente. O fato de que 95% de nossa pipeline de inovação é constituída por produtos ECO+ ou que reduzimos nosso próprio consumo de energia em 13% desde 2008 comprova a seriedade com que abordamos a sustentabilidade: do que adianta sermos bem-sucedidos em um mundo que se degrada?

Aquisições e Parcerias

Para evoluir e crescer como uma empresa de Ciências da Vida e de Materiais, é preciso dar continuidade às aquisições e parcerias que agreguem valor à DSM e seus parceiros. Ultimamente, adquirimos empresas especializadas em tudo – desde vitaminas, biomedicamentos até enzimas alimentares; também constituindo parcerias com organizações como pioneiros em biocombustíveis, a POET. O resultado: Uma DSM mais forte e sadia.

Cada vez mais, esses elementos são inseparáveis. Praticamente todas as nossas novas inovações são sustentáveis. A grande parte de nosso sucesso em sustentabilidade vem sendo o resultado de revoluções em inovações – frequentemente com o auxílio de parceiros e em economias de alto crescimento...

Links relacionados