This site uses cookies to store information on your computer. Learn more x

DSM na América Latina

DSM no segmento Automotivo  / transporte: Mais seguro mais leve e ecológico

Nossos plásticos, resinas e fibras avançados auxiliam a construir veículos mais leves, fortes, seguros e sustentáveis – desde aplicações sob o capô e powertrain até direção hidráulica, chassi, airbags, tubos, mangueiras, componentes internos e externos. Estamos também auxiliando a indústria da aviação a perder peso e reduzir o consumo de combustível.
DSM no segmento Automotivo

A necessidade de preservar combustíveis fósseis preciosos e limitar as emissões de carbono é o elemento que vem cada vez mais impulsionando nossa indústria. Atualmente, tem a ver com produzir veículos convencionais de forma mais eficiente utilizando ciência inteligente e amigável ao meio ambiente. Muito em breve , será a criação de veículos elétricos híbridos que sejam  comercialmente viáveis e com reduzido impacto ambiental.

Veículos mais leves 

Nossa família de plásticos duráveis, resistentes a altas temperaturas e cada vez mais bio-renováveis  vem mudando a anatomia dos veículos. Estão retirando o carbono do carro, e também estão substituindo metais não econômicos e não ecológicos.

Por exemplo, há 10 anos, o airbag à base de metal, como elemento mais vital dos dispositivos de segurança, pesava 3.2kg e necessitava de 12 processos separados de fabricação. Hoje, o peso não passa de 1.2kg e utiliza apenas 6 processos. O resultado: menos energia necessária para produzi-lo, sendo que um airbag mais leve também é sinônimo de menor consumo de combustível. Essa inovação específica deve-se ao nosso material Akulon PA6  – parte de toda uma família de plásticos de engenharia avançados com base em 50 anos de liderança em polímeros e caprolactama, a principal matéria-prima da poliamida PA6.

Veículos mais ecológicos

As emissões de carbono têm um custo ambiental para todos nós. Por outro lado, para nossos clientes, também há o custo financeiro. A União Europeia, por exemplo, agora impõe uma multa de 100 Euros para cada grama de excesso de carbono emitido por veículo – e essas multas aumentarão.

Nossa solução? Desenvolver um plástico de engenharia com carbono neutro chamado EcoPaXX® (PA 4.10), que é 70% composto por materiais provenientes de fontes renováveis   (o índice mais alto na indústria até hoje). Similarmente, nosso Stanyl® utilizado em tensionadores de corrente automotivos reduz as emissões de CO2 até 2g por quilômetro.

Nossas resinas plásticas vêm cada vez mais sendo utilizadas em aplicações-chave (como o sistema de suporte de pára-choque do Renault Clio) devido à sua capacidade inigualável em termos de resistência, durabilidade e, é claro, sustentabilidade.

Pensando no futuro, já estamos desenvolvendo aplicações para motores de arranque, alternadores, baterias e motores elétricos em veículos híbridos e elétricos. E nossas resinas estão permitindo que a LH Aviation produza jatos pequenos com a maior eficiência de combustível do mundo.

Veículos mais interessantes

Tanto em mangueiras e tubos automotivos, quanto em componentes sob o capô, nossas resinas plásticas têm maior resistência e duram mais do que muitos materiais alternativos – um ponto crucial, uma vez que os motores de última geração ficam menores e, assim, mais quentes.