O que a tendência sem glúten representa para as cervejarias

Produtos sem glúten estão reivindicando mais espaço do que nunca nos supermercados. Cervejarias inovadoras estão fabricando variedades sem glúten para alcançar ainda mais consumidores.

A tendência sem glúten é um dos fatores de crescimento mais fortes na indústria de alimentos atualmente. De acordo com dados da Mintel, a afirmação “sem glúten” foi a quarta afirmação mais popular em lançamentos de produtos em 2017, responsável por cerca de 11,9% de todos os novos produtos naquele ano. 

Com isso, a afirmação esteve à frente das afirmações vegetarianas e até mesmo Kosher no mesmo ano. Na indústria cervejeira, no entanto, as afirmações “sem glúten” representaram apenas 1,3% dos novos produtos no ano passado, sugerindo que as cervejarias têm a oportunidade de inovar e tirar proveito dessa tendência crescente.

Por que a tendência sem glúten está em alta?

As tendências de saúde e bem-estar do consumidor despertaram interesse em hábitos alimentares mais saudáveis em todos os setores. Isso tem gerado uma maior conscientização sobre a saúde digestiva, bem como sobre alimentos mais fáceis de digerir ou que contribuem para um intestino mais saudável.

O glúten é uma proteína encontrada em cereais como trigo, centeio e cevada. Em cerca de 1% da população diagnosticada com doença celíaca, o consumo de alimentos que contenham glúten pode causar danos intestinais consideráveis, bem como outros riscos à saúde. No entanto, hoje em dia, a dieta sem glúten está sendo consumida voluntariamente por uma porcentagem maior de pessoas que sentem desconforto quando consomem alimentos contendo glúten ou que consideram que as dietas sem glúten são mais saudáveis.

Os produtores de alimentos e bebidas estão respondendo claramente a essa tendência do consumidor, assim como os varejistas. Embora produtos sem glúten antes fossem encontrados apenas em lojas especializadas em saúde, agora é comum se deparar com seções sem glúten em muitos supermercados bem abastecidos.

A escolha do consumidor é fundamental

Não é segredo que a indústria cervejeira está passando por uma revolução. O surgimento da cerveja artesanal aumentou as expectativas em relação a produtos diferenciados e exclusivos e a cervejas de qualidade premium. Os consumidores responderam positivamente, impulsionando o crescimento do setor.

Notadamente, foram as cervejarias artesanais que responderam à tendência sem glúten, oferecendo variedades sem glúten. O motivo para incluir uma variedade sem glúten a uma marca já bem-sucedida é simples: oferecer mais opções ao consumidor de acordo com os valores da marca.

"A visão da cerveja artesanal é oferecer algo único para cada pessoa e a cerveja sem glúten faz parte disso." - Joana Carneiro | diretora de negócios de bebidas

Como produzir cerveja sem glúten (sem comprometer o sabor)

Há diferentes maneiras de produzir uma cerveja sem glúten ou com redução de glúten. Uma abordagem é produzir cerveja usando cereais como milho, arroz, sorgo, trigo sarraceno ou milho que não contenham glúten. 

Uma segunda abordagem para produzir cervejas sem glúten é usar uma enzima, como a Brewers Clarex® da DSM, para decompor as cadeias de glúten em cervejas feitas com trigo, centeio ou cevada. A enzima não tem impacto sobre o sabor, a espuma ou a qualidade da cerveja. Isso proporciona flexibilidade às cervejarias para criar cervejas deliciosas que não contêm glúten. 

Fatos sobre Alimentos

O consumo de cerveja artesanal está aumentando e 80% dos consumidores de cerveja artesanal afirmam que pretendem continuar experimentando novos e diferentes tipos de cerveja. Ler mais>

Solução da DSM

Brewers Clarex® simplifica a estabilização, ajudando as cervejarias a aumentar a capacidade e até a diferenciar seu portfólio com variedades sem glúten. 

Baixar relatório

Para ler o relatório completo, favor fornecer seus dados para contato.

Publicado

02 July 2019