Como a DSM está lidando com o desperdício de queijos

Os fabricantes de queijos estão ansiosos para combater o desperdício de alimentos e criar rótulos mais limpos. A tecnologia de membrana inovadora desenvolvida pela DSM aborda ambos os desafios. Ela pode reduzir o desperdício de queijos e é totalmente livre de conservantes.

Nossa nova tecnologia de membrana pode reduzir o desperdício anual de queijos em 200.000 toneladas

Recentemente, aprendi uma nova palavra em espanhol. Turófilo. Pessoa que ama queijo.

Sou um turófilo. E você provavelmente também é. De acordo com uma pesquisa, em 2020, 86% de nós planejamos comer mais queijo ou pelo menos a mesma quantidade do que comíamos 12 meses atrás1.

Então, o que os consumidores de hoje estão procurando em um queijo? Sabor e textura, com certeza. Mas também um rótulo limpo e um apelo natural. Os fabricantes de queijos estão cientes de que precisam produzir suas mercadorias conforme essas preferências dos consumidores. Ao mesmo tempo, eles precisam superar alguns desafios complexos e exigentes de sustentabilidade. Confira dois deles a seguir.

Reduzir a perda e o desperdício de alimentos

Devido à perda de umidade e também à remoção da casca do queijo e deterioração do produto causada por mofo, os fabricantes de gouda  e parmesão estão perdendo parte de sua produção anual. Isso não faz sentido econômico e transmite uma imagem ruim para consumidores com uma consciência ecológica cada vez maior.

Aumento de afirmações de rótulo limpo

O movimento do rótulo limpo está em alta. Os consumidores estão procurando proativamente produtos com um apelo mais natural e listas de ingredientes curtas e de fácil reconhecimento. Por exemplo, 72% dos consumidores comprarão mais ingredientes provenientes de uma origem natural1. Menos aditivos ou conservantes são considerados uma das mudanças mais esperadas no queijo nos próximos três a cinco anos1.

Como abordar ambos?

Esta é a pergunta-chave. Como os fabricantes de queijo podem combater o desperdício de alimentos e criar rótulos mais limpos, sem comprometer o sabor ou a experiência do consumidor? Na DSM, criamos uma tecnologia inovadora de maturação de queijos para ajudar os fabricantes de queijo a resolver esse desafio complicado. Trata-se da Pack-Age®.

O que é Pack-Age®?

A Pack-Age® é uma tecnologia de membrana que permite aos fabricantes de queijo embalar e envelhecer queijos de forma natural, eficaz e eficiente, sem afetar a qualidade, o sabor ou a textura. Sua estrutura conta com uma membrana permeável à umidade e respirável. Essa membrana ajuda a evitar o crescimento de mofo durante a maturação do queijo e reduz o desperdício do processo de remoção de crosta.

Quanto a Pack-Age® irá economizar?

Uma pesquisa sugere que se todos os queijos gouda e parmesão no mundo inteiro fossem maturados usando a Pack-Age®, 200.000 toneladas a menos de queijo seriam perdidas a cada ano.  Isso reduziria o uso de leite em 3,55 bilhões de litros e as emissões de CO2 em 6,2 milhões de toneladas anualmente2.

E graças ao seu método mais controlado de evaporação da umidade, ela pode aumentar o rendimento em até 3%. Não quero exagerar nas estatísticas, porém é válido compartilhar só mais uma para atestar a importância dessa inovação. A indústria de queijos maduros poderia aumentar o lucro em 200 milhões de euros por ano.

Além disso, a Pack-Age® é uma solução totalmente sem conservantes. Dessa forma, também atende aos padrões de rótulo limpo esperados pelos consumidores exigentes de hoje.

Quer saber como a DSM pode fornecer a você orientação e apoio na implementação integrada da Pack-Age® como uma solução de maturação natural em seus processos de queijo? Basta me escrever e terei satisfação em ajudar.

1 DSM Food Insights, 2020
2 Relatório da Denkstatt, Pensamento sustentável de 2015 (elaborado para DSM como parte de uma análise da avaliação do ciclo de vida)

Publicado

01 April 2020