O papel das culturas protetoras em um cenário de produtos lácteos em evolução

O mercado de laticínios está mudando e os fabricantes do setor precisam acompanhar. Os consumidores agora querem ver produtos lácteos mais naturais, melhores para você e sustentáveis, com listas de ingredientes menores e maior transparência na rotulagem dos produtos. Por outro lado, o desperdício de alimentos está se tornando uma preocupação maior para os consumidores e fabricantes de alimentos. A deterioração é uma das principais causas de desperdício de alimentos. Com o crescimento dos estilos de vida modernos e movimentados, também há uma demanda crescente por opções práticas que possam ser consumidas em qualquer lugar, sem precisar de refrigeração para se manterem frescas. As culturas de proteção são fundamentais para ajudar os fabricantes de lácteos aumentarem seus próprios resultados, evitando deterioração durante a validade, aumentando-a, enquanto atendem às necessidades dos consumidores por produtos de rótulo limpo e mais naturais. 

O apelo pelo rótulo limpo está impulsionando a mudança

Com a crescente pressão por produtos lácteos naturais, a tendência de "rótulo limpo" vem ganhando força no setor de laticínios. Historicamente, os produtores lácteos usavam aditivos artificiais e conservantes, geralmente de natureza química, para ajudar a estender a validade do produto e proteger os produtos lácteos frescos contra contaminação. No entanto, o uso desses ingredientes levou a um intenso debate da geração Y e famílias com crianças, por preocupação com os riscos apresentados pelos ingredientes artificiais.

Os consumidores conscientes quanto à saúde também buscam uma maior compreensão dos ingredientes usados nos produtos lácteos por meio de rótulos de produtos mais transparentes. Assim, os produtos de rótulo limpo, aqueles que contêm ingredientes naturais, simples e familiares, apresentam cada vez mais benefícios. Na verdade, pesquisas mostram que os consumidores estão preparados para pagar mais por produtos de rótulo limpo, com 1 em cada 2 pessoas pronta para pagar pelo menos 10% a mais por iogurte sem conservantes artificiais.

Estender a validade é fundamental para reduzir o desperdício de alimentos

Com a expectativa de que a população mundial atinja 9 bilhões até 2050, a sustentabilidade e o nível de desperdício de produtos lácteos em todo o mundo continuam a influenciar o caminho da indústria de laticínios, e é vital que os produtores de laticínios atuem com a sustentabilidade em mente. O desperdício de alimentos pode ocorrer em qualquer ponto da cadeia alimentar, mas os níveis são mais altos na fase de consumo. Na verdade, relatórios indicam que 10-20% da produção de leite e laticínios em países desenvolvidos é perdida ou desperdiçada, e quase metade desse desperdício ocorre após a compra quando os produtos chegam aos refrigeradores dos consumidores, com restrições de validade ou deterioração microbiana citadas como os principais motivos. A pesquisa também confirma que a validade do produto continua sendo uma condição de compra fundamental para os consumidores. Portanto, os fabricantes devem considerar a validade declarada dos produtos para ajudar a apoiar uma cadeia de suprimentos mais sustentável e minimizar sua contribuição para a carga de desperdício de alimentos.

"A validade melhorada reduz o desperdício, contribui para um mundo mais sustentável e dá aos produtores a oportunidade de expansão geográfica. Com a Delvo®Guard, os produtores também podem se beneficiar do reconhecimento como fornecedores de produtos de rótulo limpo."

Delvo®Guard, novas oportunidades para preservar os melhores iogurtes, rótulo limpo

Novas tendências de consumo desafiadoras ajudam a impulsionar a inovação no setor de laticínios. Novos desenvolvimentos podem permitir que as empresas se diferenciem em um cenário cada vez mais competitivo e explorem áreas anteriormente inacessíveis de inovação de produtos lácteos. Melhorar a proteção alimentar pode ajudar a aliviar a pressão do varejista sobre a validade, permitir uma distribuição mais ampla de produtos e criar mais oportunidades de inovação. Pode facilitar, por exemplo, produtos lácteos serem consumidos quando em trânsito, sem a necessidade de refrigeração contínua ou iogurtes com indulgência adicional.

A DSM apresenta a linha Delvo®Guard de culturas de proteção de produtos lácteos de rótulo limpo. Elas contribuem para a proteção do iogurte contra mofo e levedura sem comprometer a segurança ou a qualidade dos alimentos. As culturas de proteção da DSM são um acréscimo à gama de bioconservantes da DSM; soluções que naturalmente ampliam a validade e contribuem para um mundo mais sustentável, e que se elevam ao desafio da evolução nas tendências e preferências dos consumidores.

Fatos sobre alimentação

  • Uma pesquisa da DSM mostra que os consumidores acham que os conservantes naturais são mais saudáveis, têm melhor sabor e que estão dispostos a pagar mais por produtos que contenham ingredientes naturais.
  • Cerca de um terço dos alimentos produzidos globalmente para consumo humano a cada ano, aproximadamente 1,3 bilhão de toneladas, é perdido ou desperdiçado, representando cerca de US$ 940 bilhões de valor desperdiçado para as economias e para o setor alimentício.

Solução DSM

Delvo®Guard, a cultura de proteção com melhor desempenho.

Publicado

21 November 2019