This site uses cookies to store information on your computer. Learn more x

DSM em alimentos, bebidas e suplementos dietéticos

Pesquisa global da DSM mostra tendências para o leite aromatizado: Série Perspectivas da DSM mostra demanda por produtos com menos açúcar, mais saborosos e maior variedade de sabores

Delft, NL, 01 mar 2016 08:00 CET

A pesquisa da empresa global de origem holandesa, focada no desenvolvimento e fornecimento de soluções inovadoras baseada na ciência nas áreas de saúde, nutrição e materiais, revela que o consumo de leite aromatizado ou iogurte está crescendo em ritmo acelerado e não está limitado apenas a crianças, uma vez que os adultos estão inserindo estas bebidas lácteas na dieta. De 2010 a 2015, segundo dados da pesquisa, esse mercado cresceu 13%

Conduzida no Brasil, Estados Unidos, China, Espanha e Alemanha, a pesquisa lançada no Food Ingredients Europe mostra que quase um quarto dos adultos (24%) e 41% dos seus filhos relatam o consumo diário de leite aromatizado; no Brasil e nos EUA, o produto é o preferido entre aqueles que consomem lácteos diariamente. Entre adultos, o consumo do produto está relacionado ao paladar em 55% dos casos e à saúde dos ossos em 41% dos casos.

Com melhor paladar e maior variedade de sabores, que contribuem para aumentar a demanda, cresceu também a preocupação com a quantidade de açúcar nestes produtos lácteos, com 60% dos consumidores preocupados com o tema.

E, como fator responsável pelo aumento do consumo de bebidas lácteas aromatizadas com redução de açúcar, o paladar melhor foi citado por 34% dos consumidores e a maior variedade de sabor por 28%. Para a DSM, estes resultados indicam que a inovação no setor pode seguir pelo caminho do menor teor de açúcar nos leites aromatizados, mais saborosos e com maior variedade de sabores, criando produtos lácteos saudáveis e nutritivos para as mais diferentes idades e estilos de vida.

Inovação da DSM reduz a quantidade de açúcar no leite aromatizado

Os resultados da pesquisa mostram que as inovações da DSM para o setor de alimentos, de forma geral, e de lácteos, em particular, estão alinhadas aos anseios dos consumidores de todo o mundo. Para as indústrias do segmento, a empresa dispõe de algumas inovações. Entre elas, destaque para um sistema de redução de açúcar baseado em enzimas, que gera sabor mais adocicado aos alimentos com menos ou nenhuma adição de açúcar. Combinado com culturas lácteas, a textura e o paladar do leite aromatizado ou iogurte são mantidos, mantendo a estabilidade do produto ao longo de sua vida útil.

Para ver o relatório completo – clique aqui.

A DSM tem um sistema de redução de açúcar baseado em enzimas e culturas lácteas a disposição. Com a ajuda de enzimas, mais doçura, do que está naturalmente presente em produtos lácteos, pode ser aprimorada criando um sabor adocicado melhor com menos ou nenhum açúcar adicionado. Combinado com culturas lácteas, a textura e o paladar do iogurte são mantidos e fornecendo estabilidade ao longo do período de vida útil. Além disso, a DSM está trabalhando em uma plataforma de adoçante fermentativo para trazer stevia flexível, confiável e sustentável para a indústria de alimentos e bebidas.

Sobre a Série de Perspectivas Globais da DSM

Como parte de seu empenho em ajudar a indústria de alimentos a aprimorar seus processo e fornecer produtos saudáveis, saborosos e atraentes para os consumidores, a DSM lançou sua Série de Perspectivas Globais em 2013. A série tem por objetivo fazer aquelas perguntas óbvias que são raramente feitas, oferecendo perspectivas do consumidor por trás das grandes tendências alimentícias. A pesquisa é feita mundialmente em múltiplos mercados, representando os continentes com um enfoque nos mercados emergentes e suas comparações com os mercados maduros.