5 coisas que você deve avaliar antes de começar uma criação de gado leiteiro

5 coisas que você deve avaliar antes de começar uma criação de gado leiteiro

26/03/2018 | Autor: Marcelo Grossi Machado - Coordenador Técnico Leite da DSM  

O Brasil sem dúvida nenhuma é protagonista na produção de leite mundial. Com cerca de 35 bilhões de litros por ano, ocupa a quinta colocação dos maiores produtores mundiais (IBGE, 2017).

Entretanto, ao longo das últimas décadas, percebemos que a evolução da cadeia em volume produzido vai contra o número de propriedades produtoras, mostrando cada vez mais que o sistema está se especializando e, fazendas com baixo profissionalismo e eficiência, têm saído do mercado.

Segundo STOCK (2017), entre 2006 e 2017, mais de 400 mil propriedades fecharam as portas - o que representaria que a cada hora temos 4 fazendas a menos na atividade.

Esta estatística dá uma falsa impressão de que o negócio leite é de baixo retorno e pouco interessante financeiramente. Porém, devemos deixar claro que estas fazendas não acompanharam as necessidades de melhorias impostas por custos fixos cada vez mais altos e, como qualquer outro negócio que não inova, ficaram para trás.

Exemplo disso são os 100 maiores produtores de leite do país que, dentro do mesmo período, tiveram uma taxa de crescimento de cerca de 10,4% (MilkPoint, 2017).

Um investidor interessado ou mesmo herdeiro de um negócio leiteiro merece saber que a pecuária leiteira evolui a passos cada vez mais rápidos.

Apesar de taxas de retorno modestas nos últimos 9 anos, chegando até a 6,0% a.a. (Consupec, 2008), não é mais incomum encontrar negócios com taxas de retorno com terra superiores a 15% a.a. (Benchmark DSM, 2017) - que supera uma gama de outros negócios mesmo fora do agro.

Outra grande vantagem é a liquidez média de capital investido e especialmente o fator em termos de entrega de faturamento mensal, ou o famoso “todo mês pinga”, ajudando no planejamento em curto prazo.

O negócio do leite pode ser muito lucrativo, mas para ser bem-sucedido, é preciso tomar uma decisão consciente.

Continue lendo para saber o que você deve avaliar antes de começar uma criação de gado de leite.

Quais são os pontos-chave que você deve avaliar?

Antes de entrar no negócio é importante saber que, como todo outro setor do agronegócio, este também possui alta dependência de fatores climáticos e que não são matematicamente previsíveis de maneira satisfatória.

Isso impacta nas margens de segurança dos cálculos que serão feitos, por isso conhecer sua região é muito importante.

Outro ponto essencial é entender que nunca haverá receita de bolo e o acompanhamento de uma consultoria técnica que entenda o processo de maneira holística sempre deverá ser usada, seja ela pública ou privada.

De toda maneira, seguem abaixo os pontos principais considerados pelo corpo técnico da DSM, que você deve dar maior prioridade e atenção durante o processo de planejamento e execução para a criação de bovinos leiteiros:

This site uses cookies to store information on your computer.

Saiba mais