Tortuga

Megatendências: como alimentar o mundo?

Megatendências: como alimentar o mundo?

05/09/2019 | Autora: Fabiana Fontana - Analista de Inteligência de Mercado

Nosso mundo vem mudando drasticamente nos últimos anos, mais rápido que em qualquer outro momento da história. O que esperar do futuro?

Na tentativa de encontrar algumas respostas para essa pergunta, na Califórnia, Estados Unidos, foi lançado há alguns anos o livro “Megachange 2050”, estruturando algumas tendências e traçando possibilidades para o que nos espera nos próximos anos. Paralelo a isso, várias instituições, como a Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), têm feito o mesmo exercício.

Nesse contexto, vamos conversar um pouco sobre algumas tendências e nos questionar sobre nosso setor, nossos negócios e o importante papel de alimentar um mundo gigante e pungente que vem por aí - o qual nossas decisões de hoje influenciarão o futuro.

 

Nota: O cisne negro (Black Swan) é um conceito criado pelo filósofo Nassim Taleb. Segundo o qual, um evento pode ser considerado um ponto fora da curva. Com isso, o mercado tende a precificar como menos provável e menos devastador do que realmente é, já que modelos de risco, mesmo ao prever o futuro, se baseiam no passado. Eventos como crises globais, atentados terroristas em grande escala como o de 11 de setembro, são exemplos de cisnes negros que são praticamente impossíveis de serem previstos.

Fontes:

The Economist: Megachange: The world in 2050 by Daniel Franklin,Franklin (Author)

Embrapa: Megatendências globais até 2050 - SEIXAS, M. A.; CONTINI, E. (2018)

ONU: World Population Prospects 2019

PwC: Megatendências – Projeções World in 2050

Infomoney – Black Swan

Cadastre-se para receber os novos posts!

Cadastre seu email aqui para receber os próximos posts!

This site uses cookies to store information on your computer.

Saiba mais