Nutrição adequada é a receita da Fazenda Cachoeira para uma pecuária de corte moderna e eficiente

Nutrição adequada é a receita da Fazenda Cachoeira para uma pecuária de corte moderna e eficiente

07/09/2017 | Autor: Aydison Nogueira - Zootecnista, Supervisor Técnico Comercial da DSM

Quando assumiu há aproximadamente sete anos a gestão da Fazenda Cachoeira, propriedade localizada no município de Marília/SP, o empresário e pecuarista Cláudio Samuel de Jesus Bendilatti encarou este novo desafio como poucos o fariam, sem receio ou qualquer tipo de medo, tendo o objetivo claro de torná-la referência na pecuária de corte. Para tanto, seguiria os moldes de sucesso adotados em suas empresas, na emergente cidade de Americana/SP.

O trabalho árduo, persistente e de muita dedicação não foi em vão e contou com o apoio, o companheirismo e a parceria do filho Diego Bendilatti, continuamente presente no dia a dia da propriedade.

A Fazenda Cachoeira tem uma área total de 600 alqueires (1.450 ha), em que permanecem em pastejo 3.400 animais (2,1 UA/ha), dos quais 1.900 matrizes da raça Nelore. As áreas destinadas ao pastejo têm como capim predominante a Brachiaria brizantha cv. MG4 e Piatã e são trabalhadas em sistema rotacionado, com adubação constante. Paralelamente, 25% da área de pasto são reformadas anualmente em consorciação com as culturas de melancia e, principalmente, de amendoim.

Um dos pontos de destaque na fazenda é a qualidade da água consumida pelo rebanho que, armazenada em bebedouros do tipo australiano, é distribuída por gravidade para todas as praças de manejo.

Estrategicamente, existe uma área cultivada de cana-de-açúcar, utilizada como reserva de volumoso para a seca, contemplando 20 alqueires (48 ha), que, bem manejados, dão segurança e conferem aos animais bom escore de condição corporal nesta fase mais crítica do ano.

Com um trabalho de seleção genética zebuína apurado das matrizes, voltado para os parâmetros de precocidade e produção, são desmamados aproximadamente 1.650 bezerros/ano, sendo 60% da raça Nelore e 40% produtos de cruzamento industrial (Nelore vs. Angus), todos comercializados em duas etapas via leilões, que tradicionalmente ocorrem nos meses de abril e novembro.

Em 2016, o peso médio dos bezerros a desmama foi de 248 kg para os machos e 223 kg para as fêmeas, considerando a fase de aleitamento de oito meses (240 dias).

 

O manejo reprodutivo do rebanho também é bastante criterioso, adotando-se a técnica de IATF (Inseminação Artificial em Tempo Fixo). Após o primeiro serviço, é realizada uma nova inseminação com observação de cio, manejo que ocorre entre o 17° e o 25° dia. Em seguida, os lotes de matrizes são liberados para repasse em monta natural com touros a campo.

A Inseminação Artificial utiliza sêmen de touros da raça Nelore e Angus, oriundos de ampla bateria de touros provados, lideres dos principais sumários do Brasil. Para o repasse a campo, a escolha também é uma das preocupações, com a aquisição de animais de alto desempenho e provindos das melhores linhagens.

Normalmente, a estação de monta se encerra aos 120 dias, apresentando taxas de prenhez acima de 85%, sincronismo importante considerando a taxa de reposição das matrizes da propriedade, que gira em torno de 20% ao ano.

Com uma genética de ponta nas mãos, a nutrição precisa ser diferenciada para o sucesso do sistema produtivo, alavancando os índices de produtividade e zootécnicos do rebanho, consolidando, assim, o conceito de que a boa e adequada nutrição é dos pilares fundamentais para o desenvolvimento de uma pecuária de corte moderna e eficiente.

Para as matrizes e touros, é fornecido o suplemento mineral completo de alta tecnologia e pronto para uso Fosbovi Reprodução, que apresenta em sua composição 100% de Minerais Tortuga, visando ao máximo desempenho de animais a pasto em fase de cria.

Para os bezerros, a suplementação tem como base o Fosbovinho Proteico ADE, mistura mineral-proteica que acelera o processo de consolidação dos animais em ruminantes, permitindo melhor adaptação ao consumo de pasto, disponibilizando aporte proteico à dieta e, por consequência, desmamando animais mais sadios e com maior peso.

Durante a seca, complementado o manejo de fornecimento de cana picada, utiliza-se o suplemento Fosbovi Seca, realizando, assim, o aporte mineral-proteico e a correção nutricional das dietas. Para os bezerros desmamados, o manejo nutricional se alicerça no Fosbovi Proteico- Energético 25 M, mistura mineral- energético-proteica com aditivo, que visa atender às necessidades dos animais, preparando-os para os dois leilões anuais da Fazenda Cachoeira, que têm se tornado referência regional de qualidade, ponto de encontro dos principais pecuaristas do estado de São Paulo e local de grandes negócios.

Se o propósito dos seus idealizadores era agregar eficiência e qualidade à pecuária de corte, isso já se tornou realidade na propriedade, passando, é claro, por muita competência, gestão, capricho e, sobretudo, paixão. Preceitos estes inerentes à família Bendilatti, que soube como poucas entender a essência e os valores da atividade, mostrando que, a cada dia, é possível fazer algo ainda melhor.

Cadastre-se para receber os novos posts!

Cadastre seu email aqui para receber os próximos posts!

This site uses cookies to store information on your computer.

Saiba mais