Novos rumos para proteína animal sustentável

Fomentada pelo progressivo crescimento populacional, a demanda mundial por proteína animal sustentável está aumentando e exercendo cada vez mais pressão sobre os recursos finitos do planeta. Mas, em termos práticos, o que significa "proteína animal sustentável"? Como ela pode ser transformada de um valor comercial para um impulsionador de negócios?

Dr. David Nickell, Vice-presidente de Sustentabilidade dos segmentos Produtos Nutricionais, Nutrição e Saúde Animal da DSM, descreve a abordagem da empresa para suprir a crescente demanda por proteína animal nutritiva e acessível, permanecendo dentro dos limites críticos do planeta.

A necessidade de produção pecuária sustentável

Espera-se que a população mundial atinja 9 bilhões de pessoas em 2050. Paralelamente, a procura por uma alimentação mais saudável, mais balanceada e mais rica em nutrientes vem crescendo, impulsionada não apenas pelo aumento da população mundial, mas também pelas mudanças de conscientização sobre saúde e expectativas dos consumidores.

Proteínas com base animal são altamente nutritivas e ocupam uma posição central em uma dieta saudável e equilibrada. Seu consumo é também fundamental para muitas culturas onde alimentos e produtos de origem animal desempenham um importante papel socioeconômico. No entanto, a produção pecuária tem um custo cada vez mais evidente.

A crescente demanda por proteína animal vem aumentando as emissões de gases de efeito estufa e exercendo pressão sobre os recursos naturais. Em alguns casos, essa pressão já ultrapassa os limites aceitáveis. Por conseguinte, a sustentabilidade da produção animal convencional está sob escrutínio crescente da cadeia de valores, políticos e partes interessadas.

Isso significa que continuar a operar como fizemos no passado não é mais uma opção. Todos os agentes envolvidos na produção de proteína animal devem estar cientes dos desafios que estamos enfrentando. Precisamos trabalhar juntos para resolvê-los, aplicando novas ideias, novas tecnologias e novos modelos de negócios a fim de criar uma indústria mais sustentável para todo o planeta.

Mudança das expectativas dos consumidores

Consumidores em geral vêm encarando a criação pecuária de maneira cada vez mais crítica. Em algumas partes do mundo – notadamente na China e no Sudeste Asiático – a demanda por alimentos de origem animal cresce à medida que a população se torna mais abastada. Em outros lugares – principalmente na Europa e nos Estados Unidos – existe uma tendência, em certas partes da população, a reduzir o consumo de proteína animal, com a indução de dietas mais equilibradas. No entanto, o consumo per capita nessas regiões ainda supera em muito os níveis de outras partes do mundo.

A situação é complexa e está longe de ser mundialmente homogênea. Mas certos fatores são claros. A preocupação com a sustentabilidade da produção de proteína animal vem aumentando. Por exemplo, apreensões a respeito do uso contínuo de antibióticos promotores de crescimento (AGP) na pecuária são comuns. E com razão, devido à sua comprovada ligação à resistência bacteriana. Além disso, o volume de emissões de gases de efeito estufa (GEE) associado à produção animal é reconhecido como um contribuinte significativo para o aquecimento global.

Isso significa que as partes interessadas nas cadeias de valor da produção animal terão cada vez mais que pensar além das categorias tradicionais de desempenho e margens. O papel vital do desempenho nessa equação não mudará, é claro, nem as margens se tornarão menos importantes. Mas desempenho e margem deverão ser garantidos de maneira sustentável, genuína e mensurável.

DSM: Uma empresa centrada na sustentabilidade

A mentalidade da DSM está em constante evolução, porque procuramos sempre fornecer inovações transformadoras a fim de suprir necessidades antes não atendidas. E as necessidades do mundo vêm mudando rapidamente. A sustentabilidade vem sendo, há anos, uma das principais preocupações da DSM e é o valor central de nossa empresa atualmente. Como comprovado por várias parcerias e prêmios, fornecemos soluções científicas, sustentáveis e ajustáveis, que respondem aos maiores desafios enfrentados pelo mundo no momento.

A sustentabilidade corrobora nossa estratégia “Orientada pelo propósito e impulsionada pelo desempenho”. Essa estratégia concentra-se nas três áreas de crescimento sustentável: Nutrição e Saúde, Recursos e Economia Circular, Mudança Climática e Energia Renovável, abordando cinco dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável: Fome Zero (2), Saúde de qualidade (3), Energias renováveis e acessíveis (7), Ação climática (13) e Produção e consumo sustentáveis (12).

Sustentabilidade é o que somos e o que fazemos na DSM. Isso não é um apelo idealista para transformar o mundo em um lugar melhor. Na DSM, vemos sustentabilidade como um impulsionador central de nossos negócios e acreditamos que, ao criar soluções que atendam às necessidades sociais e ofereçam aos nossos clientes respostas inovadoras e sustentáveis, iremos desfrutar de um crescimento acima da média, que irá permitir um retorno atraente aos acionistas que depositam sua confiança na nossa empresa.

No âmbito de nossas atividades em Nutrição e Saúde, isso quer dizer que defendemos uma dieta saudável, equilibrada e acessível a todos, permitindo que a população mundial seja alimentada através dos recursos naturais disponíveis e dentro dos limites do planeta. Isso envolve, entre outras coisas, o aumento da qualidade e do conteúdo nutricional dos alimentos e das rações animais, que é onde entram nossos negócios de Nutrição e Saúde Animal.

Estratégia de sustentabilidade para Nutrição e Saúde Animal da DSM

Devemos oferecer soluções nutricionais que nos permitam produzir mais proteína animal – significativamente mais  – com maior eficiência e levando em considerarão o bem-estar animal, a qualidade do produto e a segurança dos processos e, ao mesmo tempo, reduzindo o impacto de nossas operações sobre o meio ambiente. Paralelamente, temos que garantir que nosso portfólio inovador proporcione aos nossos clientes oportunidades de vantagem competitiva e crescimento lucrativo.

O negócio de Nutrição e Saúde Animal da DSM, portanto, concentra-se hoje em seis plataformas para produção animal sustentável: combate à resistência antimicrobiana, redução de nossa dependência de recursos marinhos, redução de emissões na pecuária, uso eficiente de recursos naturais, produção de nutrição segura e de qualidade com menos perda de alimentos e desperdício, além da melhora do desempenho dos animais ao longo da vida.

A DSM oferece soluções inovadoras em muitas áreas: desde eubióticos como alternativa eficaz aos AGPs, passando pelo ômega-3 à base de algas para reduzir a dependência da aquicultura de recursos marinhos finitos até enzimas que melhoram a digestibilidade e a utilização de ingredientes alimentares múltiplos. Estaremos compartilhando mais detalhes sobre os aspectos de sustentabilidade do nosso portfólio especial de Nutrição e Saúde Animal na DSM Feed Talks nos próximos meses.

Soluções para nutrição animal baseadas na ciência

A DSM existe para criar uma vida melhor para todos. Isso começa com nossos clientes, sem os quais não teríamos uma empresa. Oferecemos a eles as soluções para nutrição animal mais abrangentes do mundo, baseadas na ciência e dimensionadas de modo inteligente para resolver os desafios comerciais e de sustentabilidade que enfrentamos para transformar a maneira como alimentamos o mundo.

O mundo precisa de novos rumos para a proteína animal sustentável e a DSM está na vanguarda desta jornada.

Publicado

13 May 2019

Compartilhar

Compartilhar

You are being redirected.

We detected that you are visitng this page from United States. Therefore we are redirecting you to the localized version.