Ciência e Pesquisa HMO

Para provar o impacto dos oligossacarídeos do leite materno (HMOs, na sigla em inglês) na saúde humana, nós conduzimos um programa especial de estudos pré-clínicos e clínicos com mais de 40 pesquisadores e parceiros estratégicos em todo o mundo.

O que são os oligossacarídeos do leite materno?

Os HMOs são um conjunto de estruturas de carboidratos com o terceiro componente sólido mais abundante do leite materno, depois das gorduras e da lactose. Em bebês, os HMOs ajudam a desenvolver a microbiota desejada, servindo como fonte de alimento para as bactérias boas do intestino. Os HMOs ocorrem naturalmente no leite materno e evoluíram ao longo de milhares de anos. Estudos clínicos e pré-clínicos mostram que HMOs específicos com nível correto de suplementação podem trazer inúmeros benefícios para a saúde. Eles auxiliam principalmente na imunidade e na saúde intestinal e possuem um papel importante no desenvolvimento cognitivo, podendo trazer futuras oportunidades de inovação.

O consenso global considera a amamentação o padrão ouro de alimentação de recém-nascidos para proporcionar um melhor início de vida. Quando as mães não podem ou optam por não amamentar, seja qual for o motivo, um substituto seguro e adequado do leite materno deve estar disponível ao recém-nascido. Juntas, a DSM e a Glycom ajudam seus clientes com o desenvolvimento de soluções inovadoras para os bebês alimentados com fórmula, oferendo a eles um caminho para uma vida longa e saudável, o que é parte da promessa da DSM de ajudar a manter saudável a crescente população mundial.

Apoiamos a ciência independente por meio de doações de nossos produtos. Já doamos nossos oligossacarídeos do leite materno para mais de 55 programas, em mais de 40 instituições de pesquisa em todo o mundo. Até agora, esses programas resultaram em 15 publicações. Para obter uma lista de publicações, clique aqui.

Pesquisa HMO

Evidências emergentes de nossa pesquisa pré-clínica demonstraram que os HMOs:

  • Ajudam a aumentar a abundância relativa de bactérias benéficas e ao mesmo tempo reduzem o crescimento de bactérias potencialmente prejudiciais como, por exemplo, Clostridium difficile e coli (1).
  • Podem auxiliar na recuperação da composição bacteriana intestinal após o uso de antibióticos (1).
  • Podem ajudar a aumentar a concentração de metabólitos bacterianos benéficos, que são os principais componentes nutricionais da barreira intestinal e das células imunológicas e, ao mesmo tempo, reduzir os metabólitos prejudiciais (2,3,4).
  • Podem ajudar a resposta imune ao rotavírus via modulação da microbiota intestinal e populações de células imunes (5,6).

Resultados importantes para bebês

Um estudo clínico de suplementação com HMOs, 2’FL + LNnT demonstrou que (7):

  • São seguros e bem tolerados quando suplementados em fórmulas infantis.
  • Auxiliam no crescimento de bactérias benéficas.
  • Há uma redução significativa da incidência de infecções do trato respiratório em 43% e bronquite em 63% durante o primeiro ano de vida em comparação com uma fórmula infantil padrão.
  • Há uma redução significativa no uso de antibióticos e antitérmicos em comparação com uma fórmula infantil padrão durante o primeiro ano de vida. 

Crianças mais velhas e adultos 

Os resultados de um estudo clínico usando os HMOs da Glycom, 2’FL e LNnT indicam que (8):

  • 2’FL e LNnT são seguros e bem tolerados em adultos, em doses de até 20g/dia.
  • 2’FL e LNnT auxiliam no crescimento de bactérias benéficas, principalmente bifidobactérias.

Além disso, estamos investigando especificamente o efeito de nossos HMOs em crianças obesas e em participantes que sofrem de síndrome do intestino irritável (SII) em estudos clínicos cegos e controlados por placebo.

Portfólio de produtos HMO

Os HMOs da próxima geração fazem parte do empolgante projeto de inovação da Glycom, com quatro novos HMOs que serão disponibilizados este ano para testes de inovação, estimulando ainda mais o já crescente mercado.

Atualmente, oferecemos HMOs de duas classes estruturais: 2'-fucosilactose (2'FL), o HMO fucosilado mais abundante no leite materno, e Lacto-N-neotetraose (LNnT), um dos HMOs de núcleo neutro mais abundantes no leite materno.

Leituras e revisões científicas

Os cinco artigos listados aqui trazem boas informações sobre os oligossacarídeos do leite materno e seus benefícios para a saúde humana. Se você deseja se aprofundar, pode encontrar uma lista mais abrangente de artigos aqui.

  1. Uma revisão científica do Professor Lars Bode da Universidade da Califórnia, San Diego, intitulada “Human milk oligosaccharides: Every baby needs a sugar mama”. Descreve os benefícios dos oligossacarídeos do leite materno para bebês. Você pode encontrar o artigo em Glycobiology, 2012, vol. 22 n. 9 pp. 1147–1162 ou pelo link Lars Bode article.
  2. Uma revisão científica do Professor Thierry Hennet e do Dr. LuborBorsig da Universidade de Zurique, intitulada “Breastfed atTiffany’s”. Descreve os benefícios do leite materno em geral e dos oligossacarídeos do leite materno em particular para bebês. Você pode encontrar o artigo em TrendsBiochemSci., 2016, Jun; 41 (6): 508-518 ou pelo link Thierry Hennet article.
  3. Uma revisão científica da Dra. Anna Kulinich e do Professor Li Liu da Universidade Agrícola de Nanjing, intitulada “Human milk oligosaccharides: The role in the fine-tuning of innate immune responses”. Este artigo descreve como os oligossacarídeos do leite materno melhoram o sistema imunológico em bebês e adultos. Você pode encontrar o artigo em CarbohydrateResearch, 2016, 432, 62 e 70 ou pelo link Anna Kulinich article.
  4. Um artigo de Jessica Shugart intitulado “Superhero sugars in breastmilk make the newborn gut safe for beneficial bacteria”. Este artigo de fácil leitura descreve os benefícios dos oligossacarídeos do leite materno. Você pode encontrar o artigo no link Jessica Shugart article.
  5. Um artigo científico da Dra. Emma Elison e vários outros, intitulado “Oral supplementation of healthy adults with 2’FL and LNnT is well tolerated and shifts the intestinal microbiota”. Este artigo descreve os resultados dos ensaios clínicos de nossos oligossacarídeos naturais maternos na microbiota adulta. Você pode encontrar o artigo em fr. J. Nutr., outubro de 2016; 116 (8): 1356-1368 ou pelo link Emma Elison article

Leitura complementar - Nestlé Nutrition Institute

Se você for um profissional de saúde, também pode encontrar vários artigos no site do Nestlé Nutrition Institute através do seguinte link: NNI/human-milk-oligosaccharides.

Leitura complementar - Centro Nacional de Informação Biotecnológica, Biblioteca Nacional de Medicina dos Estados Unidos

Você também pode visitar o site PubMed para acessar mais literatura biomédica e publicações sobre HMOs

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed  

Referências

1. Vigsnæs, L and McConnell, B, “Human Milk Oligosaccharides; a new strategy against post-antibiotic Clostridium difficile?”; UEG J; Oct 2017

2. Vigsnæs, L, Elison, E, and McConnell, B, “Human milk oligosaccharides; now as powerful, specific modulators of the adult gut microbial community”, The 11th Vahouny Fiber Symposium; June 2017

3. Chichlowski, M. et al. Bifidobacteria isolated from infants and cultured on human milk oligosaccharides affect intestinal epithelial function; 2012¸J Pediatr Gastroenterol Nutr. 55(3):321-327.

4. Šuligoj, T.; Vigsnæs, L.K.; Abbeele, P.V.; Apostolou, A.; Karalis, K.; Savva, G.M.; McConnell, B.; Juge, N. (2020). Effects of Human Milk Oligosaccharides on the Adult Gut Microbiota and Barrier Function. Nutrients, 12(9), 2808.

5. Li M et al. Human milk oligosaccharides shorten rotavirus-induced diarrhea and modulate piglet mucosal immunity and colonic microbiota, 2014, ISME J 8(8):1609-20.

6. Comstock et al. Dietary Human Milk Oligosaccharides but Not Prebiotic Oligosaccharides Increase Circulating Natural Killer Cell and Mesenteric Lymph Node Memory T Cell Populations in Noninfected and Rotavirus-Infected Neonatal Piglets, 2017, J Nutr doi: 10.3945/jn.116.243774

7. Puccio, G. et al, Effects of Infant Formula With Human Milk Oligosaccharides on Growth and Morbidity: A Randomized Multicenter Trial; J Pediatr Gastroenterol Nutr. 2017 Apr; 64(4):624-631

8. Elison, E. et al, Oral supplementation of healthy adults with 2′-O-fucosyllactose and lacto-N-neotetraose is well tolerated and shifts the intestinal microbiota, 2016, Br J Nutr; 116(8):1356-1368.

Saiba como a DSM pode ajudar a sua empresa.

Clique no botão abaixo para entrar em contato e conversar com a gente.

Links rápidos

Alimentos especiais

Conheça enzimas para cozinhar, produzir cerveja, laticínios e mais.

Soluções de benefícios para a saúde

Soluções para suprir as necessidades de saúde e estilo de vida dos consumidores.

Academia de Nutrição

Conheça nossos artigos técnicos, seminários via web e outros recursos educacionais

Quality For Life

Quality for Life é nosso selo de excelência e nossa promessa para você.

Talking Nutrition

Explore nova ciência, consumer insights, eventos do setor e muito mais.

Webshop

Solicitar amostras, fazer pedidos e visualizar a documentação dos produtos.

Este site utiliza cookies. Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, oferecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Nós também compartilhamos informações sobre sua utilização do nosso site com nossos parceiros de mídias sociais, propaganda e análise, que podem combiná-las com outras informações que você forneceu a eles ou que eles coletaram a partir da sua utilização de serviços. Você permite os nossos cookies ao continuar utilizando nosso site.

Saiba mais