GlyCare™ LNnT

GlyCare™ Lacto-N-neotetraose

O LNnT é um dos oligossacarídeos do leite materno (HMO, na sigla em inglês) de núcleo neutro mais abundante no leite materno (1).

Nossos HMOs estão disponíveis em diferentes formas, incluindo pós e comprimidos. Leia abaixo para saber mais sobre interessantes dados clínicos e pré-clínicos para bebês e crianças, ou clique em “Iniciar” para falar conosco sobre o seu produto.

Imunidade e Infecções

Estudos clínicos mostraram uma relação entre os HMOs e alguns resultados imunológicos em bebês. A ciência emergente relata que HMOs específicos, com nível correto de suplementação, podem ajudar a reduzir o risco de certas infecções em bebês que consomem fórmula infantil e nos que são amamentados.

Um ensaio clínico demonstrou que o uso de LNnT mais 2’FL como suplemento em fórmulas infantis auxilia o sistema imunológico de bebês. Os resultados incluíram uma redução na incidência de certas infecções e doenças (relatadas pelos pais). Também houve uma redução significativa de relatos de infecções do trato respiratório inferior e do uso de antitérmicos e antibióticos nos primeiros 12 meses de vida (2). 

Saúde Intestinal e Microbiota

Pesquisas sobre os HMOs (dados pré-clínicos e clínicos) relataram que eles podem ajudar a estimular o crescimento de bactérias benéficas importantes para o desenvolvimento da microbiota e da saúde intestinal em bebês.

Um ensaio clínico de fórmula infantil suplementada com LNnT e 2’FL mostrou um aumento na população de bifidobactérias e uma microbiota fecal infantil mais parecida com a de um bebê alimentado com leite materno. Além disso, observou-se que o grupo suplementado com LNnT e 2’FL também apresentou microbiota intestinal dos bebês nascidos de cesariana mais semelhante àquela observada em bebês nascidos de parto normal do grupo de controle (3). Foram relatadas fezes significantemente mais moles aos dois meses de idade no grupo que recebeu o suplemento 2’FL + LNnT (2).

A ciência emergente de dados de estudos pré-clínicos também indica a influência do LNnT sozinho no crescimento de bactérias benéficas (4,5,6) e na saúde intestinal (7,8).

Hipoalergenicidade

A alergia ao leite de vaca (ALV) é uma resposta imune às proteínas encontradas nesse leite. É uma das alergias alimentares mais comuns, atingindo até 3% dos bebês com um ano de idade em países desenvolvidos (9). Fórmulas infantis com proteína extensamente hidrolisada podem ser recomendadas por um médico para uso em bebês que não se alimentam com leite materno e sofrem de ALV. Um estudo clínico recente de bebês e crianças de dois meses a quatro anos de idade com ALV relatou que uma fórmula infantil amplamente hidrolisada com 2’FL e LNnT (10) mostrou-se segura e bem tolerada. A formulação atende aos critérios da Academia Americana de Pediatria para hipoalergenicidade.

Referências

1. Erney, R. M., et al.,  2000. J Pediatr Gastroenterol Nutr: 30, 181-92.

2. Puccio, G. et al., (2017). Effects of infant formula with human milk oligosaccharides on growth and morbidity: a randomized multicenter trial.  JPGN 64: 624-31.

3. Berger, B et al., (2020). Linking human milk oligosaccharides, infant fecal community types, and later risk to require antibiotics.  mBio 11: e03196-19.

4. Miwa, M., Horimoto, T., Kiyohara, M., Katayama, T., Kitaoka, M., Ashida, H., & Yamamoto, K. (2010). Cooperation of β-galactosidase and β-N-acetylhexosaminidase from bifidobacteria in assimilation of human milk oligosaccharides with type 2 structure. Glycobiology, 20(11), 1402–1409. https://doi.org/10.1093/glycob/cwq101

5. Marcobal, A., Barboza, M., Sonnenburg, E. D., Pudlo, N., Martens, E. C., Desai, P., … Sonnenburg, J. L. (2011). Bacteroides in the infant gut consume milk oligosaccharides via mucus-utilization pathways. Cell Host and Microbe, 10(5), 507–514. https://doi.org/10.1016/j.chom.2011.10.007 

6. Boler, B. M. V., Serao, M. C. R., Faber, T. a, Bauer, L. L., Chow, J., Murphy, M. R., & Fahey, G. C. (2013). In Vitro Fermentation Characteristics of Select Nondigestible. Journal of Agricultural and Food Chemistry, 61, 2109–2119.

7. Knol, C. (2018). Cross-feeding between Bifidobacterium infantis and Anaerostipes caccae on lactose and human milk oligosaccharides. BioRxiv.

8. Hester, S. N., & Donovan, S. M. (2012). Individual and Combined Effects of Nucleotides and Human Milk Oligosaccharides on Proliferation, Apoptosis and Necrosis in a Human Fetal Intestinal Cell Line. Food and Nutrition Sciences, 03(11), 1567–1576. https://doi.org/10.4236/fns.2012.311205 

9. Flom JD, Sicherer SH. 2019. Epidemiology of Cow's Milk Allergy. Nutrients. 10;11(5):1051.

10. Nowak-Wegrzyn et al., (2019). Confirmed hypoallergenicity of a novel whey-based extensively hydrolyzed infant formula containing two human milk oligosaccharides.  Nutrients 11: 1447.

HMOs e os benefícios para a saúde

Os oligossacarídeos do leite materno podem trazer muitos benefícios à saúde, como imunidade e saúde intestinal no início da vida.

Saiba como a DSM pode ajudar a sua empresa.

Clique no botão abaixo para entrar em contato e conversar com a gente.

Links rápidos

Alimentos especiais

Conheça enzimas para cozinhar, produzir cerveja, laticínios e mais.

Soluções de benefícios para a saúde

Soluções para suprir as necessidades de saúde e estilo de vida dos consumidores.

Academia de Nutrição

Conheça nossos artigos técnicos, seminários via web e outros recursos educacionais

Quality For Life

Quality for Life é nosso selo de excelência e nossa promessa para você.

Talking Nutrition

Explore nova ciência, consumer insights, eventos do setor e muito mais.

Webshop

Solicitar amostras, fazer pedidos e visualizar a documentação dos produtos.