Níveis mais elevados de vitamina D associados a um menor risco de morbidade e mortalidade por câncer de mama

By:  Igor Bendik

 

A nutrição pode ter um papel na redução do risco de câncer de mama?

Resumo

  • O câncer de mama é o câncer mais predominante em mulheres em todo o mundo 
  • Entretanto, um novo estudo sugere que níveis mais elevados de vitamina D estão associados a um risco mais baixo de progressão e mortalidade por câncer de mama 
  • A nutrição pode, portanto, ter um papel significativo na redução do risco da doença  

O câncer de mama é o câncer mais predominante em mulheres em todo o mundo. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o diagnóstico de câncer de mama está crescendo no mundo em desenvolvimento em decorrência do aumento da expectativa de vida, da maior urbanização e da adoção de estilos de vida ocidentais1. Um novo estudo sugere que níveis mais elevados de vitamina D estão associados a um risco mais baixo de progressão e mortalidade por câncer de mama.2   .

Um mil, seiscentos e sessenta e seis mulheres diagnosticadas com câncer de mama participaram do estudo. Os achados mostraram que os níveis séricos de 25-hidroxivitamina D das mulheres estavam independentemente associados a melhores resultados, incluindo a sobrevida geral. Em comparação com mulheres com baixos níveis de vitamina D, aquelas com níveis elevados apresentavam risco menor de morte por todas as causas. As associações entre níveis mais elevados de vitamina D e resultados mais positivos ficam ainda mais fortes em mulheres na pré-menopausa   . Diversos estudos anteriores analisaram a associação entre os níveis sanguíneos de vitamina D com resultados da sobrevida do câncer de mama. Entre 10 estudos, cinco relataram sobrevida geral superior em pacientes com níveis de vitamina D mais elevados3-7; quatro relataram resultados significativos, enquanto um resultou não significativo após ajuste8. As descobertas do estudo mais recente são consistentes com a maioria dos estudos que demonstram uma maior sobrevida geral entre pacientes com níveis de vitamina D mais elevados. A associação também foi confirmada em duas metanálises publicadas em 2014910. Uma análise sistemática anterior, encomendada pelo Instituto de Medicina (Institute of Medicin), ajudou a determinar a mortalidade como possivelmente inversamente relacionada às concentrações sanguíneas de vitamina D em pacientes com câncer11   .

Os novos dados oferecem fortes evidências de uma associação inversa entre os níveis séricos de vitamina D e o risco de progressão e mortalidade por câncer de mama, e que o relacionamento entre o nível sérico de vitamina D e a sobrevida do câncer pode estar associado. Entretanto, para demonstrar de maneira conclusiva essa associação, ensaios clínicos randomizados usando suplementação com vitamina D e placebo são necessários.

Um estudo recente sobre preocupações de saúde de consumidores conduzido na Europa revelou que mais de 40% dos adultos estão preocupados com proteção contra doenças mais tarde na vida. Ao mesmo tempo, a conscientização do importante papel da dieta e da nutrição na prevenção (50%) e da associação positiva da vitamina D com a saúde (76%) é relativamente elevada .

Publicado

30 November 2016

Compartilhar

2 Tempo mínimo de leitura

Conteúdo relacionado

Cadastre-se para receber nossos boletins informativos

Mantenha-se atualizado sobre ciência, eventos e tendências de mercado mais recentes

Somos sociais

Siga-nos em suas redes sociais favoritas

Referências

1. WHO Program: Breast Cancer and Control

2. Yao S et al., Association of Serum Level of Vitamin D at Diagnosis With Breast Cancer Survival: A Case-Cohort Analysis in the Pathways Study, 10 Nov 2016, JAMA Oncology

3. Goodwin PJ et al., Prognostic effects of 25-hydroxyvitamin D levels in early breast cancer, J Clin Oncol 2009.

4. Hatse S et al., Vitamin D status at breast cancer diagnosis: correlation with tumor characteristics, disease outcome, and genetic determinants of vitamin D insufficiency, Carcinogenesis 2012. 

5. Tretli S et al., Serum levels of 25-hydroxyvitamin D and survival in Norwegian patients with cancer of breast, colon, lung, and lymphoma: a population-based study, Cancer Causes Control, 2012.

6. Villaseñor A et al., Associations of serum 25-hydroxyvitamin D with overall and breast cancer-specific mortality in a multiethnic cohort of breast cancer survivors, Cancer Causes Control, 2013.

7. Vrieling A et al., Serum 25-hydroxyvitamin D and postmenopausal breast cancer survival: a prospective patient cohort study, Breast Cancer Res, 2011.

8. Villaseñor A et al., Associations of serum 25-hydroxyvitamin D with overall and breast cancer-specific mortality in a multiethnic cohort of breast cancer survivors, Cancer Causes Control, 2013. 

9. Kim Y et al., Vitamin D intake, blood 25(OH)D levels, and breast cancer risk or mortality: a meta-analysis, Br J Cancer, 2014.

10. Mohr SB et al., Meta-analysis of vitamin D sufficiency for improving survival of patients with breast cancer, Anticancer Res, 2014.

11. Bjelakovic G et al., Vitamin D supplementation for prevention of mortality in adults, Cochrane Database Syst Rev, 2011.

 Saiba como a DSM pode ajudar a sua empresa.  Selecione as opções abaixo para vincular suas necessidades à solução certa.

 

Links rápidos

Alimentos especiais

Conheça enzimas para cozinhar, produzir cerveja, laticínios e mais.

Soluções de benefícios para a saúde

Soluções para suprir as necessidades de saúde e estilo de vida dos consumidores.

Academia de Nutrição

Conheça nossos artigos técnicos, seminários via web e outros recursos educacionais

Quality For Life

Quality for Life é nosso selo de excelência e nossa promessa para você.

Talking Nutrition

Explore nova ciência, consumer insights, eventos do setor e muito mais.

Webshop

Solicitar amostras, fazer pedidos e visualizar a documentação dos produtos.

Este site utiliza cookies. Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, oferecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Nós também compartilhamos informações sobre sua utilização do nosso site com nossos parceiros de mídias sociais, propaganda e análise, que podem combiná-las com outras informações que você forneceu a eles ou que eles coletaram a partir da sua utilização de serviços. Você permite os nossos cookies ao continuar utilizando nosso site.

Saiba mais