Conectando ofertas de premix de vitaminas a garantias ao consumidor

Qual é a relação entre vitaminas e garantia ao consumidor?

A qualidade dos alimentos para consumo próprio e os amigos peludos está no topo da agenda dos consumidores, principalmente devido aos escândalos muito divulgados sobre fraudes em rações animais, aos recalls de rações relacionados a vitaminas, ao aumento da conscientização sobre saúde nutricional e à humanização dos pets. A perda de confiança na indústria levou a questionamentos sobre o conteúdo das rações para animais de estimação. Podemos citar como exemplo um estudo de consumo da MetrixLab, encomendado pela DSM, indicando a preocupação por parte dos responsáveis pela compra de rações sobre a rastreabilidade e a origem dos ingredientes utilizados.

Quando se trata de avaliar a qualidade dessas rações, muitos aspectos podem ser considerados. Mas o que está claro é a expectativa de que o alimento seja seguro quando consumido e que contenha o que consta no rótulo.

Uma consideração adicional é que os donos de pets agora buscam alimentos que reflitam a alimentação, a nutrição e as tendências de saúde humanas atuais, o que causa um aumento na complexidade das receitas de rações. Um exemplo é mostrado na tabela abaixo.

Para um fabricante de rações para animais de estimação, o gerenciamento de complexas cadeias de suprimento de ingredientes é exigente na obtenção de recursos e, com frequência, difícil de ser pilotado. Além de lidar com muitos ingredientes novos e seus fornecedores, também é importante notar que alguns ingredientes adicionados à ração são um premix de muitos outros ingredientes, entre eles de vitaminas. Se determinada vitamina não estiver presente em quantidade suficiente, como por exemplo a tiamina (ou vitamina B1), podem ocorrer deficiências. Em excesso, as vitaminas podem ser tóxicas, como as vitaminas A e D. Consequentemente, o excesso ou a deficiência de certas vitaminas pode resultar em problemas de saúde ou até em casos de óbito, prejudicando tanto o animal como a marca responsável.

O gráfico a seguir ilustra a importância do gerenciamento da qualidade de premix de vitaminas, já que uma única unidade influencia uma grande quantidade de ração e um grande número de animais que a consomem.

Compreender a qualidade do premix de vitaminas e sua aplicação na formulação de alimentos é imperativo para mitigar os riscos de segurança. Ao compreender totalmente a complexidade associada às vitaminas, os fabricantes de rações para pets serão capazes de utilizar vitaminas de forma coerente para fornecer a qualidade nutricional garantida em seus alimentos, cumprir a promessa de sua marca, além de proteger seu patrimônio através da formulação adequada com ingredientes seguros e rastreáveis.

Onde começa a segurança de um premix de vitaminas?

No caso de produtos comerciais de nutrição para pets, as vitaminas utilizadas devem ser produzidas com segurança e elaboradas em formas especializadas. Essas formas devem ser selecionadas e aplicadas de maneira coerente ao longo de toda a cadeia de suprimento e produção, desde armazenagem e manuseio até sua correta inclusão no premix, tendo em conta o tipo de ração, o processo de produção e a armazenagem do produto final. Por isso é importante, antes de tudo, entender a importância das formas vitamínicas, os critérios sobre a formulação do premix e a sua aplicação.

Primeiro: entendendo as vitaminas como ingredientes individuais

Os compostos vitamínicos básicos são produzidos através de síntese química, fermentação, extração (muitas vezes de uma fonte natural) ou por uma combinação de tecnologias. Durante sua produção existe um possível risco de qualidade baseado em exposição a solventes químicos, intermediários não reativos e introdução de outros contaminantes. Portanto, um fabricante de vitaminas ativas, como a DSM, irá controlar esse risco utilizando processos químicos apropriados, aplicando programas rigorosos de aquisição de matéria-prima junto a seus fornecedores e gerenciando em favor do fortalecimento de protocolos de controle de qualidade de produtos finais.

Em sua forma básica, vários fatores ambientais afetam a estabilidade dos compostos vitamínicos em graus variados. Considerando suas sensibilidades ambientais e tendo a finalidade de melhorar sua estabilidade intrínseca, eles passam por um processo de modificação química, incluindo esterificação, fosforilação ou cristalização do sal orgânico para se criar um produto mais estável.

Os compostos vitamínicos são então elaborados em formas específicas de vitaminas que as tornam adequadas para a utilização em uma variedade de rações para pets, guloseimas, bebidas e suplementos. O processo de formulação garante a estabilidade básica da vitamina "tal como ela é" durante a armazenagem e quando utilizada no processamento e armazenamento do produto final, permanecendo biodisponível ao animal. Além disso, as formas de vitaminas são otimizadas para garantir conformidade regulatória, boas propriedades de manuseio e ótima capacidade de mistura em premixes e dispersão nos alimentos.

Muitas formas vitamínicas são produzidas de forma a garantir que muitos produtos nutritivos para pets possam receber suplementação. A tabela abaixo mostra os requisitos para formas de vitaminas, dependendo da aplicação.

Muitas tecnologias de forma podem ser usadas para estabilizar o composto vitamínico, controlando a oxidação, minimizando o contato com compostos hostis ou protegendo-o de processamentos de alta temperatura. A tecnologia de beadlets reticulados é utilizada na criação de uma forma especial para lidar com os rigores do processo de extrusão a alta temperatura e pressão, um processo utilizado para produzir rações para pets (a maioria das rações vendidas no mundo).

Veja abaixo um exemplo de beadlets reticulados de vitamina A, uma vitamina vulnerável a perdas significantes durante a produção e a armazenagem de rações secas.

Na verdade, a forma reticulada de vitamina A combina a estabilização química do composto retinol, usando acetilação para formar acetato de retinol. A tecnologia de reticulação inclui a formação de um ingrediente alimentar baseado em um beadlet duro descascado em torno de um grupo de pequenas gotículas de acetato de retinol combinado com um antioxidante protetor. A engenhosidade desta forma consiste em não só proteger física e quimicamente a vitamina, mas também ajudar na distribuição do nutriente através do premix e do produto final, garantindo que o nutriente esteja biodisponível no momento do consumo. As características das partículas, indicadas a seguir, são essenciais para se garantir a máxima qualidade:

  • Potência nutricional
  • Uniformidade de tamanho
  • Geometria
  • Fricção entre partículas
  • Carga eletrostática
  • Higroscopia (capacidade de absorver água)
  • Pulverulência (que também afeta a saúde das pessoas durante a produção)

Por todos os motivos expostos, atender às demandas nutricionais dos pets com vitaminas oriundas de ingredientes naturais representa um desafio que não pode ser superado pela maioria das aplicações de produtos para pets, especialmente alimentos 100% completos em termos de nutrição.

Segundo: entendendo a qualidade do premix

Muitos fatores devem ser considerados ao se elaborar uma especificação de premix de vitaminas e selecionar formas vitamínicas que forneçam os níveis desejados de nutrientes na ração para o pet no momento do consumo.

Na DSM, dispomos de especialistas muito experientes que irão conceber uma formulação que, além de ser ajustada à determinada unidade de produção de premix onde será feita a mistura, também irá abordar as especificidades relacionadas à aplicação, que incluem:

  • Espécie a ser alimentada
  • Selos ou alegações de funcionalidade que devem ser atendidos, inclusive no que se refere a restrições, tais como “livre de cereais”, ingredientes utilizados com frequência em premixes como transportador, diluente e/ou agente de fluidez
  • Características do produto com fabricação comercial que exige fortificação
  • Perda esperada de vitaminas durante a produção e a armazenagem, seleção de formas vitamínicas adequadas e cálculo conforme dos excessos de atividade de nutrientes

A importância de programas e cultura de qualidade

Fabricantes de rações podem auxiliar na gestão de qualidade do suprimento de vitaminas ao selecionar produtores e processadores respeitáveis, que possam demonstrar a presença de colaboradores conscientes sobre qualidade e segurança, que tenham um patrimônio a proteger. Segurança alimentar é fundamental. Um programa de qualidade e segurança concebido em torno de padrões de segurança alimentar, que integre todos os processos empresariais e seja gerenciado por uma equipe qualificada é essencial.

Uma parte importante do controle de qualidade é a gestão de mudanças, cujos sistemas devem ser sólidos e posicionados adequadamente. É indispensável que o fornecedor tenha um conhecimento perspicaz sobre os riscos para os seus clientes e a sustentabilidade dos dois negócios. Fornecedores de ingredientes líderes irão sempre trabalhar para melhorar seu programa de segurança alimentar. Isso faz parte da estratégia de negócios da DSM, que denominados "fechar o ciclo". Através deste sistema, podemos realizar uma análise de causa sobre desvios e implementar uma gestão de ferramentas de mudança que abrange não só questões práticas, mas, mais importante, o lado humano da mudança.

Cadeia de fornecimento integrada e rastreabilidade são fundamentais

Os produtos de varejo para animais de estimação variam de suplementos concentrados a alimentos concebidos para fornecer 100% das necessidades nutricionais diárias. Devido a esta complexidade e às questões de segurança associadas a estes produtos, a rastreabilidade de ingredientes é de vital importância. Por isso, a cadeia de suprimentos deve ser confiável. Um programa de segurança alimentar alinhado aos padrões de segurança é a base para isso, começando com processos rigorosos de qualificação e gestão de fornecedores de ingredientes. São necessários sistemas sólidos, integrados e transparentes de documentação, recepção de mercadorias e gestão de armazéns.

O processo de fabricação de micronutrientes bioativos e misturas de micronutrientes é complexo do ponto de vista da garantia de qualidade. Através do envolvimento em todas as três etapas da cadeia de ingredientes nutricionais – produção de ingredientes ativos puros, sua incorporação em formas sofisticadas e o fornecimento de pré-misturas personalizadas – produtores integrados de premixes e microingredientes, como a DSM, oferecem rastreabilidade inigualável para a indústria de rações para animais de estimação. Apoiada por ágeis sistemas globais de track & trace, como os da DSM, a rastreabilidade oferece uma garantia adicional de segurança.

Em última análise, maximizar a segurança do consumidor requer trabalhar com fornecedores dedicados.

O setor de rações para pets situa-se entre as indústrias de rações e as de alimentos. Embora uma empresa possa ter um forte histórico nessas indústrias, conhecimento e experiência não são suficientes para atender às necessidades específicas dos fabricantes de produtos nutricionais para animais de estimação. A garantia de qualidade e, portanto, a garantia ao consumidor são maximizadas quando se trabalha com fornecedores dedicados a atender aos requisitos exclusivos desses produtos.

A DSM não só fabrica vitaminas há mais de 100 anos, como também atende ao setor de alimentos para pets há mais de 50 anos. Nossa equipe de especialistas também busca estabelecer parcerias com seus clientes, não apenas para ser um fornecedor de alta qualidade e confiança, mas também para contribuir com o desenvolvimento das marcas. Juntos, nos empenhamos para fortalecer nossa empresa ao fortalecer a sua, enquanto atendemos às demandas de nossos verdadeiros clientes: os donos de pets e seus amigos peludos!

Publicado

10 September 2019

Compartilhar

Compartilhar

You are being redirected.

We detected that you are visitng this page from United States. Therefore we are redirecting you to the localized version.