Sem lactose e orgânico: mais opções na prateleira e na cesta

Estou observando mais produtos com certificação, afirmações de origem e relacionadas à ética, como embalagens sustentáveis, livre de gaiolas ou orgânicos, do que nunca. Provavelmente você também está e isso não é uma surpresa. Como consumidores, estamos cada vez mais exigindo alimentos que abordem o bem-estar dos animais, dos agricultores, dos funcionários, da sociedade como um todo e, claro, do planeta.

Não há dúvida de que a indústria de laticínios está prestando atenção e reagindo a essa tendência. Além do termo “natural”, que tem sido usado há anos, os fabricantes de laticínios rotulam suas marcas com afirmações relacionadas à sustentabilidade e autenticidade. Seis categorias diferentes podem ser contabilizadas: orgânico, livre de transgênicos, produzido localmente, embalado de forma sustentável, livre de gaiolas e, mais recentemente, “maior retorno para os agricultores”.1 Você pode contribuir com a lista? É claro que um produto pode combinar várias abordagens, embora eu ainda não tenha encontrado um produto lácteo que mencione todas as seis categorias!

Rótulos de produtos: uma maneira de promover laticínios como sustentáveis e próximos à natureza

Fascinado por essas afirmações, li recentemente um relatório da Euromonitor indicando que incluir credenciais de sustentabilidade a laticínios recupera a abordagem tradicionalista em relação à agricultura e à produção de laticínios.  Essa abordagem reforça o que a maioria de nós entende sobre a produção de laticínios: um negócio de família com gerações de produtores de laticínios que trabalham na mesma fazenda. Transmite uma sensação de algo familiar, em pequena escala e muito próximo à natureza, criando produtos com o conceito “melhor para você” implícito.1

Leite gelado sem lactose: também comercializado como orgânico e livre de transgênicos

Hoje em dia, produtos sem lactose também se enquadram na classificação “melhor para você”. Não é de surpreender que me deparei com algumas estatísticas notáveis2 que corroboraram esse foco maior voltado para as afirmações que constam nos rótulos dos produtos. Mais da metade (57%) dos lançamentos de laticínios sem lactose em 2018 incluíam uma afirmação de que o produto era ético/sustentável. Outros 8,8% afirmavam ser livres de transgênicos, enquanto 5,5% dos produtos afirmavam ser orgânicos.

Quando se trata de lançamentos de leite gelado sem lactose, a imagem é ainda mais forte. O leite gelado sem lactose é comercializado como orgânico: quase 12% dos novos lançamentos de 2018 contêm uma afirmação “orgânica”, com foco regional na América do Norte e na Europa, Oriente Médio e África. Quase 15% dos lançamentos de leite gelado sem lactose de 2018 contêm afirmações “livre de transgênicos” (mais do que o dobro em comparação com o ano anterior), com foco regional na Europa, Oriente Médio e África, Ásia-Pacífico e, em menor grau, América do Norte.

O que isso tudo significa?

Deve-se notar também que leites sem lactose com vitaminas/enriquecidos e teor baixo/ausente/reduzido de gordura são muito mais predominantes na América do Norte e América Latina do que em outras regiões. Um exemplo é o leite sem lactose com sabor de chocolate Lala Yomi, enriquecido com vitaminas A e D. Embora seja comercializado para crianças, eu não acharia ruim experimentá-lo!

Minha caixa de entrada condiz com esses resultados. Estou recebendo mais e mais solicitações de clientes dessas regiões para desenvolver conceitos mais saudáveis sem lactose e com vitaminas, de acordo com essa tendência.

Além dessas três afirmações, vale a pena ficar de olho em outras três que são cada vez mais observadas no mercado: sem aditivos/conservantes; alto teor/adição de proteína; e saúde funcional/óssea.

Você também está optando por produtos sem lactose?

Para desfrutar de todos esses benefícios para a saúde, muitas pessoas estão optando por beber leite sem lactose porque acreditam que ele adiciona elementos nutricionais valiosos à sua dieta diária, algo que não querem perder ao eliminar os produtos lácteos de seu regime alimentar, e porque é mais fácil de digerir. Isso também tem ocorrido com você?

Na DSM, fornecemos enzimas e vitaminas para laticínios saudáveis e sem lactose. Além disso, temos o mais amplo portfólio de vitaminas lipossolúveis e hidrossolúveis do setor. Como todas as soluções DSM, nossas vitaminas, tanto concentradas quanto em um premix personalizado, são da mais alta qualidade. Temos trabalhado com clientes em todo o mundo para inovar e desenvolver com sucesso esta categoria além da intolerância à lactose. Envie-me um e-mail e será um prazer conversar com você sobre dúvidas ou requisitos específicos relacionados a produtos sem lactose.

1 Euromonitor Passport, Laticínios sustentáveis: tendências e oportunidades de crescimento, novembro de 2018
2  Banco de dados global de novos produtos da Mintel. Disponível on-line: http://www.mintel.com/global-new-products-database (acessado em fevereiro de 2019)

Solução DSM

Possibilitando laticínios sem lactose com ótimo sabor usando Maxilact®LGi, a mais pura lactase clássica.

Publicado

23 May 2019