Clima e Energia

Construindo um futuro de baixo carbono

Hora de agir

A mudança climática está acontecendo. De acordo com o Global Carbon Project, as emissões de CO2 aumentaram em quase 3% em 2018. Embora grande parte desse aumento tenha sido causado pela ação humana, temos o poder de detê-lo: a melhor maneira de se conseguir isso é reduzindo nossas emissões de carbono e outros gases de efeito estufa (GEE).

Por que essa ação se faz necessária agora

As alterações climáticas não afetam apenas o planeta. Afetam as pessoas. De acordo com o relatório do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), no final de 2018, nunca estivemos tão distantes da meta de alcançar um aumento da temperatura global neste século de 1,5°C acima dos níveis pré-industriais.

Permitir que as temperaturas globais subam 2°C trará consequências ainda mais devastadoras, incluindo a perda de habitats naturais e de espécies, a diminuição de calotas polares, o aumento de 10 cm do nível do mar e a perda de praticamente todos os nossos recifes de corais até 2100 – impactando em nossa saúde, nossos meios de subsistência, nossa segurança e no crescimento econômico.

Mas esse é um futuro que não queremos. Há um outro muito mais brilhante que acreditamos estar bem ao nosso alcance; um mundo no qual os avanços ambientais e sociais impulsionam a prosperidade da economia. O relatório da Nova Economia Climática de 2018 citou uma oportunidade de US$ 26 trilhões. Nós apenas precisamos nos unir para entender isso.

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Estamos tão convencidos do valor de fazer o bem fazendo sempre o melhor, que nossa estratégia está alinhada com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável definidos pela Organização das Nações Unidas em 2015. Contribuímos com todos os 17 Objetivos, mas nossos produtos e soluções para Clima e Energia abordam dois dos mais relevantes nessa temática:

ODS 7: Garantir o acesso à energia moderna, acessível, confiável e sustentável para todos

ODS 13: Adotar medidas urgentes para combater as mudanças climáticas e seus impactos

Melhorando nossa própria pegada de carbono

Para ser líder em ações climáticas, é importante dar o exemplo. É por isso que na DSM gerenciamos de perto nossa redução absoluta de emissões de gases de efeito estufa (GEE), eficiência de GEE e eficiência energética. Atingir nossas metas faz parte da renda variável do Conselho de Administração. Em maio de 2018, concluímos um novo Mecanismo de Crédito Rotativo de €1 bilhão que vincula a taxa de juros da instalação às nossas reduções de emissão de Gases de Efeito Estufa (GEE).

Viabilizando uma economia de baixo carbono

Nossa empresa permite uma economia de baixo carbono em tudo, de materiais e resinas sustentáveis até novos métodos de cultivo e inovações em energia renovável revolucionários. Quase dois terços de todo o nosso portfólio compreendem o que chamamos de Soluções Brighter Living – ofertas que são mais bem mensuráveis do que os equivalentes convencionais em termos de impacto ambiental e social, enquanto ainda oferecem alto desempenho.

Como geramos a mudança

Quando se trata de clima, agimos e geramos mudança com a determinação de desempenhar nosso papel na definição da agenda de baixo carbono. Ela começa com o nosso compromisso com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, mas continua em tudo o que fazemos, desde a defesa de políticas de preços de carbono até o trabalho ao lado de governos, ONGs, empresas privadas e qualquer outra pessoa que possa nos ajudar a alcançar nossas metas.

Defendemos políticas governamentais consistentes e de longo prazo, que transformem uma economia de baixo carbono em realidade. Acreditamos que as políticas e iniciativas governamentais devam incentivar as inovações, a melhoria da eficiência energética e o aumento da energia renovável.

Estamos diretamente envolvidos em várias iniciativas de ação climática e no conselho de três importantes parcerias público-privadas europeias: o Consórcio das Indústrias de Base Biológica, a Indústria de Processos Sustentáveis por meio da Eficiência de Recursos e Energética (SPIRE, sigla em inglês) e a Plataforma Tecnológica Europeia de Química Sustentável (SusChem).

Leia mais

Este site usa cookies para armazenar informações no seu computador.

Saiba mais